sexta-feira, 9 de julho de 2010

Oito ou oitenta




Ultimamente as pessoas se consomem pela intolerância e está difícil de encontrar o meio termo. Existe uma divisão entre os jovens, alguns votam pelo estilo colorido e alternativo com ídolos juvenis, outros preferem seguir as tendências passadas e verdadeiros nomes da musica, não há uma tolerância pois se gosta, GOSTA, se não gosta, ODEIA!
Isso desencadeia brigas sem sentido e revolta desnecessária, a real solução é o meio termo ou a simples tolerância. É fácil respeitar a opinião do próximo porém são muitos que preferem menosprezar ou simplesmente baixar seu nível com palavreados chulos.
A questão não é o jeito que se veste, o que se ouve ou seguir uma linha de moda... a questão envolvida é ser VOCÊ, nada mais, nada menos.
Precisamos parar de dar importância para coisas pequenas, brigas desnecessárias e virar nossos horizontes para o futuro, nem que sejam mínimas as atitudes e pequenas virtudes. Não importa o que se é ou no que se transformou com o tempo e toda essa juventude diferenciada, pois as criticas sempre existirão, mas podemos sim nos tornar mais tolerantes com o próximo.
Ser homossexual, se vestir diferente, seguir a moda, gostar de rock, odiar as novas bandinhas brasileiras ou internacionais, ser consumista, ser bonito, ser feio, não seguir um padrão...
Nada disso te faz diferente do outro, nem melhor, nem pior ... o que precisamos entender é que todos somos iguais, cada um com seu talento e com gostos diferentes e todos merecem RESPEITO!

Frequentamos um mesmo espaço e cabe a cada um designar onde atuar. Vivemos de escolhas, intolerancia é uma opção, assim como tolerar.

U2 - Beautiful Day

2 comentários:

  1. Concordo contigo, acho que no mínimo as pessoas devem manter o respeito umas pelas outras, se não gosta, paciência, quando você tiver o poder de decidir alguma coisa que somente te afete, você escolhe o que gosta, se não, ature o outro ou saia de perto. Temos varias escolhas sobre isso, cada um tem seu estilo, cada um anda como quiser, chega de extremismo, somos "seres racionais".

    ResponderEliminar
  2. É isso aaaaaaaaaaaaaaae Nandolino, faz 3 anos que você respondeu isso, não sei porque não te respondi, mas espero que não tenha mudado de ideia. Cada um tem o direito de se expressar e de ser respeitado também :)

    ResponderEliminar