sábado, 24 de julho de 2010

Inconsciente pensativo



Quando mais precisamos de um elogio ou apenas de um empurranzinho para frente, quem está ali desde o começo lhe empurra para trás. Os pais não conseguem entender que cada um tem um jeito diferente e consequentemente sonhos diferentes. Desde o principio aprendemos com nossos pais, aprendemos a andar, a falar, a viver e a ter respeito pelas coisas, porém a partir do momento que andamos com nossos pés temos a escolha de ir para um lado ou para outro e fazer escolhas que talvez não sejam as mesmas que pensavam ser melhor. Ninguém melhor do que nós mesmos para saber o que faz bem, o que te faz sorrir, o que te faz voar sem medo de errar, porém consciente e disposta a enfrentar tudo por aquele objetivo. Certa vez ouvi de uma moça que a função dos pais é ajudar o filho alçar vôo mesmo não concordando com aquele sonho, é guia-lo ao caminho certo, é ser pai mesmo querendo ser autoritario, é ser mãe mesmo querendo ser protetora. As coisas mudam todos os dias, mas dificilmente uma escolha concreta mudará e alguns pais não entendem que dinheiro não compra felicidade nenhuma, que talvez ser bem sucedida lhe traga uma doença e a infelicidade e que algo feito com amor e carinho consegue trazer um sucesso maior.

"Meus passos vão firmes no caminho, em direção ao que não foi escrito, intuição sopra em meu ouvido, escuto e vou. Eu só sei que não quero viver uma vida dedilhada, cansei de pensar demais e os erros meus não são iguais aos erros deixei pra trás e aqueles velhos medos não assustam mais." ♫

2 comentários: